#CunhaVaiCair, ah, vai!

Por Política é Foda

Ôba, lá vem ela

Estou de olho nela

Teve contagem de #CunhaVaiCair e já adianto que espapocou (Lembranças baianas!)! Apenas de 10h14, quando a Pit, a primeira dedinho nervoso mandou seu tuíte, até 15h25, quando eu coletei o último, foram mais de 1000 publicações! Os trabalhos foram abertos por, além da Pit, Podemos Mais e Muda Mais. DeMAIS! O último tuíte que peguei (E o tuitaço continua pegando fogo! Mande o seu tuíte!) foi da Cecy Fernandes, quando a hashtag estava lá pelo 8º lugar no TT. Agora ela baixou um pouco. Mas não caiu, porque aqui só o Cunha cai! 😂😂😂

E os RTs? Cara, somando tudo foram mais de três mil tuítes e retuítes até 15h25! Agora (17h23), o Twitter diz que são quase 13 mil com a certeza no coração e na mente de que #CunhaVaiCair. Es-pa-po-cou! Eu avisei. Vale ressaltar que a coleta, diferente dos levantamentos anteriores, não foi feita só no IFTTT, que dava mais uma ideia do que tava rolando. Dessa vez eu fui na fonte e esses números são do Twitter mesmo.

12244034_1013090912076714_975084825_n.jpg

Vamos aos mais retuitados do dia? Esse tuitaço foi bastante diferente dos demais. Dá pra ver pelo gráfico e eu vi enquanto acompanhava ao vivo. A balela do Cunha de que os atos contra ele estão restritos, vem de um grupo de militantes pagos (COF COF COF) não cola aqui. É muita gente! É militante, é galera de fora da militância. É o povo cansado da cara de pau do nosso nobre presidente, né? Deu pra você brother! Vem brilhar aqui fora do Congresso, vem!

pode,os.png

E como continua, continuo! Amanhã tem atualização! Tuitem e esperem por mim ouvindo Jorge Ben! O link tá lá em cima! 😉

Anúncios

Por que ofender o Cunha saiu mais caro do que ameaçar a Maria do Rosário de estupro?

unnamed (1)

Sabe aquela história de dois pesos, duas medidas? Pois é, tem sido assim em algumas sentenças proferidas pela justiça aqui no Brasil.

Principalmente quando envolve parlamentares da bancada religiosa e da extrema direita. Vejam esta situação, que curiosa:
Por danos morais
O Tribunal de Justiça do Distrito Federal condenou o ex-ministro Cid Gomes (Educação) a pagar R$ 50 mil de danos morais ao presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ), por uma declaração na qual acusou Cunha de “achacador”.
Também por danos morais

O deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ) foi condenado por danos morais a Maria do Rosário (PT), no plenário da Câmara em 2014. Bolsonaro disse que não estupraria a deputada Maria do Rosário porque ela “não merecia”. Ele foi condenado a pagar uma indenização de R$ 10 mil.

Tá, e por que esses R$ 40 mil de diferença? Se um deputado, de forma covarde e agressiva, ameaça um mulher de estupro em público, paga R$ 10 mil.
Já em um debate acalorado, que envolvia inúmeros interesses e protagonizado por homens em igualdade de condições, teve uma agressão verbal que gerou multa de valor 5 vezes maior (R$ 50 mil).
E então? Isso não cheira a privilégio?
Falar que não estupraria alguém pelo simples motivo de julgar essa pessoa feia é um tipo de ameaça e incitação ao estupro, sim. E estupro é crime hediondo. Lembrando que a fala de Bolsonaro foi reproduzida em veículos de alcance nacional.
Resta a dúvida: Por que chamar Cunha de “acachador” custou mais caro do que ameaçar uma mulher de estupro? Por que Bolsonaro foi beneficiado no valor de R$ 40 mil em relação a multa de Cid Gomes, já que ambas foram pelos mesmos motivos? Coisas que a justiça brasileira não está conseguindo explicar, mas nós estamos de olho para divulgar a verdade e colocar a história em pratos limpos. Essa não colou!