Manual para não enlouquecer nas festas de final de ano

manualpranaoeloquecer (2)

 

 

 

 

 

 

 

Ainda pior do que as piadas do peru na boca e o pavê ou pacomê, são os tios (e suas variações) que acham que as festas de final de ano são um bom momento pra colocar em prática tudo o que leram no Facebook e receberam no Whatsapp. A pior parte é que esse tio é sempre um coxinha. Por isso, prezando pelo bem estar da família brasileira, o Muda Mais Congresso reuniu cinco passos básicos pra não enlouquecer nas festas de final de ano.

1. O tio que diz que Eduardo Cunha é “um mal necessário para tirar essa corja do poder”

Primeiro, você rola os olhos em direção ao cérebro. Isso vale pra todos os itens. Depois, você apresenta pra ele todos os indícios contra Cunha. São eles:

  •  Diversos processos do STF
  •  Recebeu propina para favorecer empresas
  •  Intimidou testemunhas, como a advogada Catta Preta na CPI da Petrobrás
  •  Abusou do poder e interferiu nas investigações contra ele no Conselho de Ética
  •  Usou o cargo de deputado pra receber vantagens indevidas

E mais um monte de coisa que não dá pra decorar. Termine dizendo que é INCOERENTE defender Cunha “contra a corrupção” e que contra ele pesam diversas acusações, diferentemente de Dilma.

2. Dilma tem que ser impichada porque roubou a Petrobras

Esse é o discurso usado pela oposição e é facinho de desconstruir. Primeiro, o pedido de impeachment é baseado em pedaladas fiscais, que não são crime, não são roubo, não são corrupção. Segundo, não existe sequer UMA acusação formal contra Dilma. Estar descontente com o governo não é motivo para terminar o mandato de um presidente. Para isso, espere até a próxima eleição.

3. Impeachment não é golpe, é constitucional
Sim, é constitucional, mas não significa que deve ser usado de forma irresponsável. Justamente por ser constitucional, só pode ser usado quando existe lastro na lei, o que não é o caso. Portanto, seria golpe.

4. Eu li na Veja que…
Levante da mesa e deixe o lugar em que estiver.

5. Com Collor não foi golpe.
Sim, porque Collor estava comprovadamente envolvido com corrupção no caso PC Farias – que apareceu morto depois em condições suspeitas -, com a Casa da Dinda e etc. Dilma, novamente, não tem nenhuma acusação contra ela em órgão nenhum.

Bom natal, boas festas e até 2016. Esperamos que ninguém ganhe meias de amigo secreto.

Anúncios

2 comentários sobre “Manual para não enlouquecer nas festas de final de ano

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s