FHC é só elogios à Odebrecht, que pagou palestras dele. Mas a escandalização é seletiva

lulaxfhc

“É curioso. Tem um nome tão ruim a Odebrecht, e o Emilio tem sido sempre correto, há tantos anos”, disse FHC sobre o empresário Emilio Odebrecht, investigado pela Lava Jato. Fernando Henrique também acha curiosa outra coisa: “a firma Odebrecht ficou tão marcada pela CPI dos Anões do Orçamento, com o negócio da corrupção, e no entanto o Emílio é um dos homens mais competentes do Brasil em termos empresariais”.

Isso mesmo: enquanto a mídia e a oposição tentam ligar Lula à Odebrecht, FHC (que também deu palestras patrocinadas pela empresa no Brasil e no exterior) é só elogios à empreiteira, como escreve em seu livro “Diários da Presidência”, que será lançado esse mês. É a tal “escandalização seletiva”. A mesma Folha de S.Paulo que escreveu com ar de denúncia “Odebrecht pagou viagem de Lula por três países” não parece ter visto problema em dizer “FHC vai a Oriente Médio com Itaú para atrair investimento”. Por que será, se o objetivo das palestras era semelhante, como divulgou em nota a empreiteira: “reforçar a imagem institucional do Brasil e abrir portas do mercado internacional para as empresas brasileiras”?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s