Ligue os pontos: O que o discurso do prefeito de Macaé tem a ver com a privatização da Petrobras?

prefeito macaeO processo de desmoralização da Petrobras, que ensaiou ganhar forças com o previsível resultado do leilão realizado pela ANP (Agência Nacional do Petróleo) no início de outubro, reverbera agora na fala de Aluizio dos Santos Junior, prefeito de Macaé. Dr Aluízio, como é conhecimento, é presidente da Organização dos Municípios Produtores de Petróleo (Ompetro). Em artigo publicado no jornal O Globo, ele declarou que ter a Petrobras como operadora única do petróleo “representa um entrave ao desenvolvimento”.

Ora, há uma ligação entre os acontecimentos. Primeiramente, é realizada a rodada de licitações dos blocos exploratórios em um contexto completamente negativo. Há uma evidente baixa mundial no preço de commodities e a conjuntura global leva o preço do petróleo a uma queda desenfreada. Sendo assim, o leilão só poderia ser um tiro no pé. Todas as grandes petroleiras do mundo estão em crise (mesmo assim, o lucro da Petrobras é superior ao de Chevron, Exxon e BP, o valor patrimonial da empresa se mantem estável, e a estatal ainda produz mais óleo e tem mais reservas que as cinco maiores petroleiras do mundo).

Pois bem, o resultado negativo do leilão agora é usado por Aluizio dos Santos Junior como “evidência” da “grave crise que o setor atravessa atualmente no Brasil”. Ué, só “no Brasil”, prefeito?

E o próximo passo qual é? Usar essa ~evidência~ como justificativa para privatizar a Petrobras. Enquanto o PLS 131/2015, que coloca 100% do nosso petróleo à disposição das multinacionais, ameaça, no Senado, a soberania da Petrobras, Dr. Aluizio reforça o discurso entreguista. O prefeito parece mais atento aos interesses privados que ao interesse nacional. Corre risco a empresa responsável por 13% do PIB brasileiro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s