Petrobras como exploradora do Pré-Sal: maior segurança operacional, muito menos acidentes

menos acidentes 2

Entregar a exploração do nosso Pré-Sal de bandeja nas mãos das multinacionais, além de oferecer riscos para a soberania nacional e ameaçar a garantia de direitos dos brasileiros, gera também sérios danos ao meio ambiente.

Isso porque as empresas estrangeiras não conhecem as especificidades do Pré-Sal e têm um forte compromisso com a lucratividade em detrimento da segurança operacional. É importante ressaltar que experientes operadoras já provocaram grandes acidentes na plataforma continental em ambientes muito menos hostis que o Pré-Sal. Imagina o desastre que seria ter em mãos a exploração do Pré-Sal dos brasileiros?

Entre os maiores desastres ambientais dos EUA, o acidente de Macondo, operado pela BP. Já no campo de Frade, na Bacia de Campos, operado pela empresa americana Chevron, o acidente poderia ter sido tão catastrófico quanto Macondo.

Com outras operadoras, os riscos de graves acidentes no Pré-Sal seriam altíssimos, uma vez que outras empresas não têm o conhecimento tecnológico, a competência operacional da Petrobras e o compromisso com o nosso meio ambiente.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s