Câmara dos Deputados oficializa lavagem de dinheiro de campanha política

lavagem de dinheiro 2

Você pode não ter prestado atenção ou analisado com carinho a última cartada dos nossos nobres parlamentares sobre a reforma política, mas é bom ficar atento que a corrupção encontrou o caminho ainda mais livre para ser colocada em prática.

É que a Câmara dos Deputados aprovou, na semana passada, que o financiamento empresarial de campanha seja feito por meio de doações ocultas. Mas o que isso significa? Que a partir das próximas eleições, os candidatos poderão receber doações de campanha sem que as empresas e seus reais interesses sejam devidamente identificados.

Com as doações ocultas, fica mais difícil estabelecer uma ligação direta entre as empresas e os políticos que receberam os recursos.  Para fazer a doação oculta, a empresa não precisa ter seu nome vinculado ao candidato que irá receber o recurso, pois a doação é repassada diretamente para o partido. Após o recebimento, o partido encaminha a doação ao candidato que, por sua vez, registra que recebeu o dinheiro do partido, não da empresa, facilitando a lavagem de dinheiro.

Com o fim da transparência nas doações de campanha, fica impossível descobrir os interesses empresariais nos parlamentares e no governo, além de impedir também futuras investigações sobre corrupção. A proposta da reforma política segue agora para a sanção da presidente Dilma Rousseff, que pode vetar o artigo sobre as doações ocultas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s